¡Copiad malditos! + webconferencia en el ‘Ciclo copy, right?’ en Brasil

El próximo martes se proyecta ¡Copiad, malditos! en el ‘Ciclo copy, right?‘ en Sao Paulo (Brasil). Tras el documental participaré en una webconferencia para hablar de producción audiovisual en el ámbito de la cultura libre. Abajo más información (está en portugués, pero se entiende bien).

Ciclo copy, right?

Como o próprio nome sugere, o ciclo copy, right? quer promover a exibição, difusão e discussão de filmes relacionados a cultura livre. Para isso, foram escolhidos produções que abordam a questão da propriedade intelectual, da cultura remix, do software e hardware livre, e, para o debate posterior, pessoas que trabalham, discutem ou vivenciam intensamente este admirável mundo das tecnologias digitais e suas implicações sociais e políticas na vida cotiana.

A abertura dos trabalhos acontece dia 13 de junho, às 19h30, no Centro Cultural de Espanha, com a exibição de “¡Copiad, malditos! – Copyright (or right the copy)” (2011, 58min), dirigido Stéphane M. Grueso – documentarista espanhol, diretor da Elegant Mob Films e integrante do movimento 15M – em parceria com a RTVE, televisão pública da Espanha. O filme é uma investigação sobre os direitos autorais no mundo digital tendo por base três perguntas simples: o que é propriedade intelectual? Até que ponto pode se possuir uma ideia? Que direitos se emanam dessa propriedade? Finalizado em 2011, “¡Copiad” foi o primeiro filme licenciado sob uma licença livre (Creative Commons – CC BY-NC) a passar na TV pública espanhola.

Após e exibição do filme, o diretor Stéphane M. Grueso participará de um debate, por videoconferência, sobre produção audiovisual em cultura livre e as diferenças e semelhanças entre Brasil e Espanha nessa seara. Para conversar com o diretor espanhol e trazer experiências do lado brasileiro, estará Rafael Frazão, integrante da Casa da Cultura Digital, sócio da produtora Filmes para Bailar e um dos realizadores de “Remixofagia – Alegorias de uma Revolução”.

O 2º dia de exibição do ciclo, sábado 16 de junho, às 16h30 na sala de cinema do Matilha Cultural, foca duas questões primordiais da cultura digital: o software e o hardware livre. O primeiro filme exibido, “Patent Absurdity” (2010, 28 min), dirigido por Luca Lacarini e produzido por Jamie King com o apoio da Free Software Foundation, fala da batalha travada pela indústrias dos softwares para manter o monopólio de patentes de seus programas e do quanto essa relação afeta a economia mundial. O segundo, “Arduíno – o documentário” (2011, 28 min), dirigido por Rodrigo Calvo e Raúl Diez Alaejos, trata do desenvolvimento da placa homônima, um “mini-computador” que pode sentir o estado do ambiente que o cerca por meio da recepção de sinais de sensores e que é um dos principais representantes do que se chama “hardware livre”.

Na conversa pós-exibição dos filmes estarão Rodrigo Rodrigues, integrante do Garoa Hacker Clube – o primeiro hackerspace do Brasil, sediado no porão da Casa da Cultura Digital – e sócio da Metamáquina, empresa recém criada dedicada à impressão 3D de baixo custo; e Bernardo Gutierrez, “pós-jornalista” espanhol, CEO do Future Media, ativista do movimento 15M e pesquisador de cidades de código aberto e urbanismo P2P.

O 3º dia apresenta “RIP: A Remix Manifesto” (2009, 86 min) na sala de cinema da Matilha Cultural, às 16h30 do sábado 23 de junho. Já quase um “clássico” da cultura digital, “RIP” é narrado em primeira pessoa pelo diretor, o canadense Brett Gaylor, e trata de discutir as tentativas de controle do arsenal cultural de hoje (e do passado) com a desculpa de proteção dos direitos do autor. Para tocar o assunto, Brett ilustra seu filme com casos como o do DJ Girl Talk, do copyright do “Parabéns a Você”, dos filmes da Disney e até do funk carioca brasileiro.

Em seguida à exibição, Brett Gaylor, que hoje trabalha na Mozilla Foundation, vai participar da conversa, por videoconferência, com Pedro Markun, sócio da Esfera Hacks Políticos, integrante da comunidade Transparência Hacker e da Casa da Cultura Digital, que estará presente na Matilha. Os dois vão falar sobre o que mudou no mundo da propriedade intelectual e da cultura digital desde a produção de RIP (2009) até hoje, especialmente das constantes propostas que propõe vigiar a web em função de uma suposta proteção aos direitos autorais dos criadores.

Para encerrar o ciclo, dia 26 de junho, às 19h no Centro Cultural de Espanha, serão exibidos dois filmes sobre a produção audiovisual/digital recente: “Remixofagia – Alegorias de Uma Revolução” (2011, 16 min), realizado por Rodrigo Savazoni e a produtora Filmes para Bailar, ambos da Casa da Cultura Digital; e “Ctrl-V – Video Control” (2011, 56 min), de Leonardo Brant. O primeiro é um remix de trechos de filmes, entrevistas e músicas que faz uma espécie de “arqueologia” da cultura digital brasileira recente, com destaque para a luta pelo conhecimento livre e a presença das práticas de apropriação e reciclagem ao longo de nossa história. Já “Ctrl-V” é fruto de uma pesquisa sobre convergência audiovisual que explora as relações de poder e efeitos da indústria audiovisual sobre as sociedades contemporâneas.

Depois da exibição, Rodrigo Savazoni, realizador de “Remixofagia” e diretor do Festival CulturaDigital.br (culturadigital.org.br), e Leonardo Brant, coordenador da Plataforma Empreendedores Criativos e editor do site Cultura e Mercado (www.culturaemercado.com.br), falarão mais sobre seus filmes e também sobre políticas públicas de cultura digital, audiovisual em tempos de convergência, cultura livre e outros assuntos decorrentes desses.

Feira do Compartilhamento

No último dia do evento, a comunidade Transparência Hacker e o BaixaCultura vão promover uma “Feira do Compartilhamento” no Centro Cultural de Espanha, a partir das 16h até o encerramento da exibição e dos debates. Uma estrutura montada com um HD externo, um roteador e um HUB com entradas USB facilitarão a troca de arquivos digitais presencialmente: basta levar seu HD, Notebook, pendrive e escolher o arquivo a compartilhar ou copiar. A intenção é poder reproduzir o ambiente de troca de arquivos comum na rede também presencialmente. Vale lembrar que todos os seis filmes exibidos no ciclo estarão disponíveis para compartilhar neste HD, que ficará com um dos facilitadores da feira.

Ciclo copy, right?
Exibição seguido de debates de filmes sobre cultura livre

 

Abertura 12 de junho

19h – “¡Copiad, Malditos!” (2011, 58 min)

“Produção audiovisual em cultura livre: Brasil X Espanha”

Stéphane M. Grueso (diretor do filme, videoconferência) e Rafael Frazão (Casa da Cultura Digital, Filmes para Bailar). Mediação: Leonardo Foletto (BaixaCultura, Casa da Cultura Digital, curador do ciclo).

Local: Centro Cultural de Espanha (Av. Angélica, 1091, Higienópolis – São Paulo).

16 de junho

16h30 – “Patent Absurdity” (2010, 28 minutos), “Arduíno: o documentário” (2011, 28 minutos).

“Hardware & software livre: cultura e cidadania P2P”

Rodrigo Rodrigues (Garoa Hacker Clube, MetaMáquina) e Bernardo Gutierrez (Future Media, 15M Espanha).

Local: Matilha Cultural (Rua Rêgo Freitas, 542, República – São Paulo)

23 de junho

16h30 – “RIP: A Remix Manifesto” (2009, 86 min.)

Cultura remix, RIP & direito autoral: 2009-2012

Brett Gaylor (diretor do filme, videoconferência) e Pedro Markun (Casa da Cultura Digital, Esfera e Transparência Hacker). Local: Matilha Cultural (Rua Rêgo Freitas, 542, República – São Paulo)

26 de junho

19h – “Remixofagia – Alegorias de uma Revolução” (2011, 16 min) e “Ctrl-V – Video Control”, (2011, 53 min.)

“Produção e políticas públicas em cultura digital”

Rodrigo Savazoni (Casa da Cultura Digital, Festival CulturaDigital.br) e Leonardo Brant (Cultura e Mercado, Empreendedores Criativos). Mediação: Leonardo Foletto

Local: Centro Cultural de Espanha (Av. Angélica, 1091, Higienópolis – São Paulo).

Feira do Compartilhamento

26 de junho

16h até terminar o debate

Local: Centro Cultural de Espanha (Av. Angélica, 1091, Higienópolis – São Paulo).

O ciclo é uma realização do BaixaCultura, da Casa da Cultura Digital, do Centro Cultural de Espanha e da Matilha Cultural.

 

salud!

¿TE HA INTERESADO...? COMPARTE EL POST EN LA RED.
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Facebook
Facebook
0Share on Google+
Google+
0Share on LinkedIn
Linkedin
0Pin on Pinterest
Pinterest
0Share on Tumblr
Tumblr
0Buffer this page
Buffer
Email this to someone
email

¿ALGO QUE DECIR...? Puedes usar el sistema que prefieras.

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Demuestra que eres humano, rellena: *

Loading Facebook Comments ...